segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Duas vezes no mesmo dia dá para desconfiar

Eu tenho 38 anos bem medidos e bem pesados, tenho cabelos brancos que de vez em quando pinto de preto (dá-me um certo ar dominador de poucos amigos, digo eu), não me visto ao último grito da moda, mas também não sou nenhuma testemunha de jeová (sem ofensa), ando com botas girérrimas todos os dias e gosto do que vejo ao espelho diariamente.
Hoje, durante dois contextos diferentes:
  • "Desculpe perguntar-lhe isto, mas a professora tem netos?"  - Não seria fisicamente impossível, mas eu teria que ter sido tão ou mais precoce do que a minha avó materna e não foi bem o caso (pensei eu, depois de responder "não" com tom de admiração)
  • "Vai-se reformar, stôra? Vai ser avó?" - Respondi-lhe que ainda tenho cerca de 26/27 anos pela frente para que ambas as situações aconteçam. (Possivelmente, a última antecederá a primeira, se é que isto tem sentido, pensei eu.)
Dá que pensar...

ADENDA: 
Oh Raios!! Após ver as stats deste blogue, reparo que um dos termos de pesquisa é "Coroas com mais de 30 anos"! Já vi que hoje mais vale deitar-me cedo!

4 comentários:

  1. Gajo pisca-pisca08/02/11, 21:16

    Ouve lá, ó cota, de certeza que não é "Coroas com mais de 50 anos"?

    ResponderEliminar
  2. Bolas, descobriste como cheguei ao teu blogue :(

    ResponderEliminar
  3. Pisca-pisca, andas a piscar ao lado :P

    Lúcio, se tivesses sido tu, eu já saberia :)

    ResponderEliminar
  4. Boa boa! O pobre aluno pode ser como eu para avaliar idades, completamente zarolho :p

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.