sábado, 16 de agosto de 2008

Conclusão pós-férias

Há 2 dias, passei a fasquia dos 35. O mais-que-tudo é trintão há mais de 2 anos e no entanto temos receio que o meia-leca nos apanhe a fumar, por isso fazêmo-lo às escondidas. Portanto, comportamo-nos na sua presença como nos comportávamos há mais de 20 anos atrás na presença dos nossos pais. Há aqui qualquer coisa que não bate certo.

6 comentários:

  1. Essas coisas são mesmo assim. :) O melhor remédio talvez fosse mesmo deixar de fumar. ;)

    ResponderEliminar
  2. Não é questão de substituir pois não substitui. É diferente. Mas estão sempre lá. Ao contrário de muitas pessoas. ;) Bjs

    ResponderEliminar
  3. IG: deixa lá, também há por aí quarentonas a fazerem coisas às escondidas dos pais, dos colegas e até de alguns amigos... - eternamente ADOLESCENTES (pelo menos nalgumas coisas...)

    ResponderEliminar
  4. Também penso que o melhor é mesmo deixar de fumar. Até porque um dia ele dá conta. E o famoso argumento do "Faz o que eu digo..." não convence ninguém.

    ResponderEliminar
  5. Olha, eu com essa idade, ainda fumava às escondidas dos meus pais...

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.