segunda-feira, 18 de dezembro de 2006

A minha terceira vez

Saí mais cedo do que o previsto e fui buscá-lo ao local habitual. Já ia expectante, até porque não era algo que normalmente fizésse àquela hora. Aliás, seria apenas a terceira vez que tal acontecia. A primeira correu muito mal, a ponto de termos desistido ainda no início. Já a segunda correu muito bem, bem melhor do que o esperado, incutindo em mim alguma esperança de que as próximas vezes correriam igualmente bem.
-----
-----
E hoje, pela terceira vez, levei-o ao cinema para ver "Artur e os Minimeus", um filme de animação cuja classificação de "maiores de 4 anos" é errada, quanto a mim. Devem ser poucos os miúdos que, com a idade do meu - fará 5 anos em Fevereiro de 2007 -, compreendem toda a sequência, que entendem as personagens-tipo fantasiadas por um grupo de "rastas" ou de "monstrinhos subterrâneos", que acompanham o desenvolvimento da relação entre Artur e a Princesa Selénia ou até que reconhecem a analogia entre o Artur deste filme e o lendário Rei Artur. Gostei, mas achei-o demasiado adulto para filme de animação infantil.

7 comentários:

  1. Essa agora, não é para o puto porquê?.. Nunca ouviste dizer que é de menino que se...coisa e tal?..

    E depois, olha lá, não é a Emanuelle, pois não?.. É um bom filme, parece-me que não faz mal nenhum aos miúdos irem-se já familiarizando com todos esses "sub-textos" mesmo que nem sequer se apercebam disso. Para eles o que conta é que a película é agradável e os deixa felizes. Mais tarde, são capazes de voltar a ela e começar a perceber que não é só um filme de desenhos animados.

    Por falar em filmes para as crianças e para os adultos, deixo-te aqui uma sugestão em DVD.

    PS - Olha o acento a mais no fiz..

    ResponderEliminar
  2. Tu gostaste... e ele???
    Fazes bem em ter esses momentos. A mim quando era criança só a minha madrinha me dava essa felicidade. Íamos ver o Cebolinha :D

    ResponderEliminar
  3. Ele disse que tinha gostado e sabe resumir muito resumidamente a história. Mas notei-o mais irrequieto do que quando o levei da segunda vez, talvez pelo calor que o AC da sala proporcionava. Perguntou várias vezes quanto tempo demorava para acabar, coisa que nunca aconteceu quando vimos o "Cars" juntos.

    ResponderEliminar
  4. é... o cars é mais adequado à idade dele... e eu tb gostei. lol

    ResponderEliminar
  5. Bom dia!:)

    Não se "trabalha", hoje?:P

    ResponderEliminar
  6. O filme não me parece grande coisa, para mais com a dobragem da puta da Floribella cuja pronúncia irritante me faz desejar saltar-lhe às trombas em cada supermercado com que me deparo com a imagem dela cartonada em tamanho "algo superior ao" real.

    Ric

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.