segunda-feira, 31 de julho de 2006

Silly Post


Estamos na tal época em que 3/4 de Portugal tenta afundar aquele rectângulo pseudo-inglês-alemão-francês-holandês-espanhol -e afins ali do sul do país. E como a preguiça é uma das características dos veraneantes que por lá passam, aqui vos deixo mais um daqueles pensamentos que fazem deste blog um "silly blog" durante a maior parte do tempo. Eu própria chego a interrogar-me se sou eu mesma a escrever alguns dos textos que até me dão algum gozo a teclar.



9 comentários:

  1. tovarisch Gina01/08/06, 00:53

    eheheh... 'tá muito giro.
    nao ias de férias?

    ResponderEliminar
  2. Interessante, eu quando trabalhava na Price, havia para lá gente que tinha a mania de imprimir certos e determinados mails para colocar nas suas secretárias. Lembro-me de um mail de um cavalo dentro de um buraco que estava a ser soterrado por outrém. Ele sacodia a areia das costas e deixava a cair no chão e acabou por subir e sair do buraco. Lembro-me muito bem da pessoa que tinha isso na sua secretária que andava sempre em picardias e acabava por não ligar peva ao texto que tinha à frente... nem com aquela merda à frente dos olhos aprendia... Só me lembrei disto porque esta era a imagem que eu tinha na minha... mas eu aprendi a lição...
    ;)

    ResponderEliminar
  3. Silly bom dia e comentar para variar. Bjinho.

    ResponderEliminar
  4. Férias são férias, pá! Que coisa, andas com o pc às costas ou quê?:D))))))

    ResponderEliminar
  5. Completamente de acordo e boas férias

    ResponderEliminar
  6. Também me sinto assim... silly... deve ser da época...
    ;)

    ResponderEliminar
  7. chamaram_me_garanhão02/08/06, 19:40

    Também eu irei fazer parte daqueles que tentam afundar o dito rectângulo!Capital da silly cone e da silly lite!!! i love it baby!!!put cream and shake it baby! that's what i like! boas férias

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.