quarta-feira, 5 de julho de 2006

Finalmente...sossego.

Caímos, mas caímos de pé e com garra.
Daqui a 4 anos há mais, com Scolari à frente, espero eu. Se não for ele, que "importem" o Mourinho - desconfio que ele ainda ache cedo demais.
----
Gosto de ouvir o silêncio e o sossego da noite. Hummmmm....soa-me a Depeche Mode. E não, não os ponho a tocar, Aliás, é oficial. Tirei o que havia para tirar deste blog. Até a mim já me irritava.
----
Eric, lá terás que ser mais convincente quanto ao resto :P

5 comentários:

  1. Mas ficámos ou não à frente de Argentina e Brasil??? quanto a mim, das equipas mais temidas em qualquer mundial...
    Só podemos cair de pé, quando ficamos entre os 4 melhores do MUNDO!!!!

    ResponderEliminar
  2. Foi mt bom mas tive pena k não tivessemos ganho à França. A esses é k eu keria ficar à frente, por toda a arrogância k têm demonstrado ao longo destes ultimos anos.

    Tenho tb pena k tenhamos caido outra vez por causa de um penalty, e outra vez duvidoso.

    Tenho tb pena k não tivessos um banco à maneira e potencial do k tinhamos em 2000, com mais soluções e alternativas. Fomos uma grande equipa, um grande grupo, e por acréscimo um grande movimento e suporte de practicamente todos os portugueses e seus descendentes no mundo, e até de povos de outros países.

    De kkr forma é fantástico estarmos entre os 4 primeiros, e no sábado veremos em k lugar ficamos. Seja como é brilhante...... mas a Finalk tinha caído tão bem, n'era?? ,:S

    M.

    ResponderEliminar
  3. Sou um brasileiro que torceu muito por portugal, porem mais uma frustração...

    ResponderEliminar
  4. oh, eu não gostei que a noite passada fosse tão sossegada... não gostei mesmo...

    E daqui a 2 anos já há mais... não é preciso esperar tanto tempo... temos o Euro.

    ResponderEliminar
  5. Perder assim, custa como a porra...

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.