sexta-feira, 7 de abril de 2006

Post encomendado

Já há uns tempos falei aqui de traição e infidelidade e expús algumas razões que, na minha perspectiva de fêmea, levam as mulheres a trair.
A questão que alguém me pôs hoje, e daí este post, deve-se a uma dúvida dessa pessoa:
"Se soubessem que tinham sido traídos pela pessoa que amam ou com quem partilham o dia-a-dia, importar-se-iam menos que a pessoa amada vos tivésse traído com alguém do mesmo sexo ou do sexo oposto?
Ou seja:
Mulherio que aqui passa (que é bem pouco): se o vosso gajo vos traísse com um gajo todo bom, como reagiriam? Roupas atiradas pela janela fora ou preparavam um pequeno-almoço para três?
Gajos que aqui aterram: se a vossa gaja andasse no amanso com outra gaja, davam-lhe uma carga de porrada ou juntavam-se à festa?
____

Traição é traição e se tal acontece há razões mais ou menos óbvias para tal. Mas, preconceituosa como sou, impressionar-me-ia muito mais se o meu gajo o fizésse com outro gajo (nem que fosse o George Clooney disfarçado de Batman) do que com uma fulaninha! Como perguntou o meu amigo das dúvidas " Que é que ele tem que eu não tenha?" Quer dizer...ok, agora meti os pés pelas mãos.
Acreditem que é um post sério e aguardo respostas idóneas.

13 comentários:

  1. eu cm sou 1 fdp nem uma gaja para me meter os cornos tenho :(

    ResponderEliminar
  2. Uiiiiiiii
    essa agora é forte.....com tanta indecisão q pr'aí anda, há muita gente q ja nao consegue por os pontos nos IIIIss.
    P'la parte que me toca, espero nao ter que optar nos proximos 100 anos. Já tou bem servido.

    ResponderEliminar
  3. Ó Pseudo,não me digas que o teu agora virou cow-boy?ou é só curiosidade?"Se não podes com eles junta-te a eles"

    ResponderEliminar
  4. Buenos dias!
    Cá tou eu de Novo...!
    Brigadinho p'las Gratulacoes.
    Ainda tou sobre o efeito de coisas
    que nao so nada boas p'ra Saude...
    he..he...
    Inté

    Bom fim de Semana

    ResponderEliminar
  5. Ó minha cara Pseudo!
    Vamos lá explicar essa que eu nao bato bem da CAROLA...!?


    "Ora eu até sou um Mocito Atinadinho"

    ResponderEliminar
  6. E agora quanto ao teu Post;
    Falando Sério:
    Trair é enganar, atraiçoar, denunciar, delatar, ser infiel.

    A traição gera dor, angústia, sofrimento, desgosto, revolta, constrangimento.

    Traição é ofensa grave.

    Na lição de SAVATIER, “dano moral é todo sofrimento humano que não é causado por uma perda pecuniária”.

    (E quem te diz isto é um Corno,pois sei aquilo que falo)

    ResponderEliminar
  7. bom. é simples. traição é traição. ponto final. uma questão de respeito por nós próprios. e digo isto com a seriedade de quem tem uma mulher, uma namorada e uma noiva. fora as ex. b'dia e bjinhos.

    ResponderEliminar
  8. Ai é? e onde anda esse post? quero ler :P

    Eu não tenho preferências, não quero ser traído de forma nenhuma, mas se fosse com outra mulher era sinal de que de facto temos interesses e gostos comuns ;)

    ResponderEliminar
  9. Pseudo, também acho que traição é isso e mais nada... Acho que, se o parceiro com quem temos um projecto de vida, decide a certa altura mudar de rumo, tem mais é que assumir o abandono do projecto, caso não o faça, isso é traição...

    ResponderEliminar
  10. Cara pseudo, cornos por cornos, que seja de uma gaja! Preconceitos em relação a escolhas sexuais não os tenho, mas a levar um par de cornos fosse ele de quem fosse, o Sr. Bolacha levava uns patins (por muito que isso me custasse).

    ResponderEliminar
  11. Eu como moço de mentalidade aberta juntava-me à festa anyway!!!!
    A sério, nunca pensei nisso porque não acredito em relações sem a traição... não que eu seja de o fazer, mas simplesmente não acredito! Sim, juntar à festa é o melhor... a vida é uma festa, não vale a pena estar a desperdiçar com essas pasvoices...
    A quem disse que é o respeito das pessoas que está em jogo, eu sublinho (mesmo muito).

    ResponderEliminar
  12. Eu como moço de mentalidade aberta juntava-me à festa anyway!!!!
    A sério, nunca pensei nisso porque não acredito em relações sem a traição... não que eu seja de o fazer, mas simplesmente não acredito! Sim, juntar à festa é o melhor... a vida é uma festa, não vale a pena estar a desperdiçar com essas pasvoices...
    A quem disse que é o respeito das pessoas que está em jogo, eu sublinho (mesmo muito).

    ResponderEliminar
  13. Eu subscrevo as palavras do hole in my vein, juntava-me é festa...só se vive uma vez e os tabus e preconceitos muitas vezes escondem vontades ocultas

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.