segunda-feira, 10 de abril de 2006


Não gosto da Páscoa. Não gosto da obrigatoriedade sem sentido com que algumas pessoas cumprem estes rituais religiosos. Não gostava de quando, até há bem pouco tempo, a família inteira ficava em casa a apanhar seca e a esperar pelo senhor prior que nos vinha dar a cruz a beijar. Fartei-me de vermes!
Tal como não gosto do Carnaval.
E do Natal também já gostei mais...
Isto a propósito da época que atravessamos que felizmente acabará brevemente...
E também porque a imagem que se segue trouxe-me recordações do infantário. Já explico:


Das poucas memórias que tenho desses longínquos tempos, ficaram-me as caçadas aos ovos da Páscoa. Preparadas com a devida antecedência...ovos caseirinhos, alguns ainda com merda de galinha agarrada, que eram artisticamente pintados por todos nós, meias-lecas. Depois as educadoras encarregavam-se de os esconder no jardim, debaixo de colchões, nos vasos, na areia do recreio...e depois a esperada algazarra. Que maravilha quando descobríamos um ovinho...que felicidade quando os nossos tesouros eram todos alinhados e admirados pelos adultos. Belos tempos!
Hoje também gosto dos ovinhos e coelhinhos de chocolate da Kinder. Mas lá está, fazem mal aos dentes e a outras coisas...A idade não perdoa mesmo.

16 comentários:

  1. bom texto!!! gostei especialmente da parte "alguns ainda com merda de galinha agarrada"
    loooooollllllllllll OPTIMO!!!!! adoro como escreves! heehehhehe

    ResponderEliminar
  2. Filhota, esse pormenor serve apenas para elucidar os meninos de cidade de hoje em dia que pensam que os ovos já saem embalados em caixinhas :)

    ResponderEliminar
  3. chamaram_me_garanhao10/04/06, 23:22

    Olha minha..., meu... enfim é melhor não...Eu cá ainda gosto da pascoa!!!dou 15€ por um ramo pa levar à madrinha e saio de lá com 50€, e ainda me enchem a casa de chocolates...adoro chocolates, doces tudo que faz mal a muita gente mas ainda não me faz mal a mim...gosto da pascoa porque já está bom tempo já se sente o calor na pele, e ja se vê pele a passear pelas ruas...umbigos. Pintassilgos e os serezinos cantam...e ando mais feliz boas pa todos

    ResponderEliminar
  4. Tu também não gostas de nada :P
    Sério é o que o governo nos anda a fazer, aquele post é brincadeira!
    Atom? tá tudo marcado para quarta? :P

    ResponderEliminar
  5. Gosto sim senhor, Sr. Bífido! Procura no meu arquivo e lês lá centenas de coisas que eu gosto em 2 posts :P
    E sim, tu do combinado para quarta :)
    Amanhã até vou à cabeleireira e pedicure, espero que ela faça o mesmo :)

    ResponderEliminar
  6. Acredito, ás vezes deve-te dar uma maluqueira e gostas praí de 3 ou 4 coisas não? :P Já tou habituado que as mulheres se aperaltem todas por minha causa, mas deixem-se disso :P

    ResponderEliminar
  7. sim sim está tudo ok para quarta!!!! a mim só me falta comprar uns adereços... e pintar as unhas!
    lol

    ResponderEliminar
  8. caríssimo Bífido, nesses meus 2 posts acerca dos meus gostos, que recomendo que leias se é que queres conhecer-me melhor, TU nunca apareces mencionado...por isso deixa-te de tretas e de ser convencido porque há coisas bem mais belas na vida do que tu :P

    ResponderEliminar
  9. Ok, aceito que há coisas mais belas, mas melhores duvido :P
    bai masé ao maile!

    ResponderEliminar
  10. coisa verde que está aqui está a apagar o blogue11/04/06, 10:04

    Não se brinca com coisas sérias: a Páscoa é um ritual já com uns dois anos, visando celebrar o filme do Mel Gibson, um dos poucos em que não aparece com o rabo à mostra. Esse é o significado da Páscoa: a morte e ressurreição do Jim Caviezel.

    ResponderEliminar
  11. :) o que eu gosto mais da páscoa é do folar torradinho com manteiga... mmmmm..

    ResponderEliminar
  12. B'DIA!
    Porra que o Coelho tem cá uns
    "GUEBOS".
    Beijos!

    Aqui fica algo para Leres:

    APELO em divulgação na internet:

    ÚTEROS ARTIFICIAIS: Uma Investigação Cientifica Prioritária


    [ em ANEXO está explicado a origem do TABÚ-SEXO ]


    As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir a sua História!!!

    As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir que a SOBREVIVÊNCIA não caiu do céu!!!
    As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir que a SOBREVIVÊNCIA só foi possível graças a um Largo Trabalho Sociológico...... nomeadamente, uma Boa Gestão dos Recursos Humanos...... nomeadamente, o facto de elas terem conseguido MOTIVAR os machos sexualmente mais fracos no sentido de eles se interessarem pela SOBREVIVÊNCIA da SUA Identidade!!!
    Dito de outra forma, agora que possuem as 'costas quentes' - graças à existência de Armas de Alta Tecnologia - as Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas não podem... pura e simplesmente... deitar os machos sexualmente mais fracos... para o 'caixote do lixo' da sociedade!!!!!!......


    Como seria de esperar, o FIM do Tabú-Sexo está a provocar o Declínio Acelerado de muitos Povos Tradicionalmente Monogâmicos...
    Com o FIM do Tabú-Sexo veio a acontecer aquilo que seria exactamente de esperar: a percentagem de MACHOS SEM FILHOS disparou... e... exactamente como seria de esperar... os machos de maior sucesso passaram a ter filhos de sucessivos casamentos...


    Com o fim do Tabú-Sexo também vieram a suceder os seguintes fenómenos:
    -1- a proibição da Poligamia passou a ser uma coisa que JÁ NÃO FAZ SENTIDO; de facto, basta observar o seguinte: muitas fêmeas das Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas passaram a procurar machos de melhor qualidade... oriundos de Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas...
    [ Nota: Nas Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas apenas os machos mais fortes é que têm filhos... ou seja... estas Sociedades procuram seleccionar e apurar a qualidade dos seus machos... ]
    -2- muitos machos das Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas passaram a ir à procura de fêmeas Economicamente Fragilizadas... oriundas de outras Sociedades...
    [ Nota: Aqueles machos ( dotados de Boa Saúde... ) que não estão interessados em seguir este caminho..., devem possuir o LEGÍTIMO Direito de ter acesso a Úteros Artificiais ]


    Mais, a Prostituição deve ser uma actividade rigorosamente controlada pelo Estado... de forma a que:
    -1- seja concedido às profissionais do sexo todas as condições consideradas necessárias...
    -2- os lucros obtidos com a exploração da 'Prostituição de Luxo'... possam comparticipar uma 'Prostituição a Custos Controlados'... mais barata ( para os Machos Sexualmente Mais Fracos - rejeitados pelas Fêmeas ) ... e sem 'beliscar' a dignidade das profissionais do sexo.



    ***************************************



    ANEXO: A origem do TABÚ-SEXO

    --- Nos tempos mais antigos... as mulheres teriam possuído toda a Liberdade e Independência.

    --- Depois, mais tarde, pela necessidade de luta pela sobrevivência... ou ... pela ambição de ocupar e dominar novos territórios... alguém fez uma descoberta extraordinária: --> A REPRESSÃO DOS DIREITOS DAS MULHERES!
    --- A Repressão dos Direitos das Mulheres tinha como objectivo tratar as mulheres como uns meros 'úteros ambulantes'... para que... as sociedades ficassem dotadas duma VANTAGEM COMPETITIVA DEMOGRÁFICA!!!!!!
    --- De facto, quando as guerras eram lutas 'corpo-a-corpo' o factor numérico ( número de combatentes disponíveis ) era de uma importância decisiva... visto que...esse factor era ( frequentemente ) determinante na decisão das Batalhas e das Guerras...

    --- Depois, pela necessidade de luta pela sobrevivência... ou ... pela ambição de ocupar e dominar novos territórios... alguém fez uma nova descoberta extraordinária: --> O TABÚ-SEXO!
    --- O Tabú-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade!?!?!?!...
    --- De facto, o Ser Humano não é nenhum Extraterrestre: tal como acontece com muitos outros animais mamíferos, duma maneira geral, as fêmeas humanas são 'particularmente sensíveis' para com os machos mais fortes...
    --- Analisando o Tabú-Sexo:
    - a sociedade dificultava o acesso das mulheres à independência económica;
    - as mulheres que não casassem eram alvo de crítica social...
    [ portanto... como é óbvio... as mulheres eram 'pressionadas' no sentido do Casamento ]
    - não devia haver sexo antes do Casamento;
    - as mulheres não deviam procurar obter prazer no sexo;
    - as mulheres que se sentissem sexualmente insatisfeitas, não podiam falar nesse assunto a ninguém, pois o desempenho sexual dos machos não podia ser questionado;
    - era proibido o divórcio;...
    ...........torna-se óbvio que o Verdadeiro Objectivo do Tabú-Sexo eram montar uma autêntica armadilha às fêmeas... de forma a que... estas fossem conduzidas a aceitar os machos sexualmente mais fracos!!!
    --- Dito de outra forma, o VERDADEIRO OBJECTIVO do Tabú-Sexo era proceder à integração social dos machos mais fracos!!!

    --- Nota: Quando as guerras eram lutas ' corpo-a-corpo', para além do factor numérico ser de de muita importância... frequentemente... o que decidia as guerras era a MOTIVAÇÃO com que os combatentes ( os homens ) lutavam...
    --- Concluindo, ao permitir que fosse realizada uma Boa Gestão dos Recursos Humanos da Sociedade... o Tabú-Sexo fez com que... as sociedades ficassem dotadas duma VANTAGEM COMPETITIVA!!!...

    MAIS:
    --- Quando as batalhas eram lutas corpo-a-corpo... essas batalhas seriam autênticas carnificinas... portanto... era necessário uma grande disciplina... para não existirem homens cada um a fugir para o seu lado...
    --- Ora, os responsáveis militares, da altura, não andavam a dormir... e sabiam que para se construir um exército disciplinado era necessário realizar previamente um Largo Trabalho Sociológico de Longo Prazo... no sentido de formar 'Homens Rudes'...; portanto, não é de admirar que tenham surgido na sociedade ' frases-feitas ' do tipo:
    - " um homem nunca chora ";
    - " não és homem não és nada se... ";
    - " a tropa foi feita para os homens ";
    - etc...

    Que eu me lembre... eis três casos curiosos:
    -1- as mulheres tinham de ficar em casa a cuidar dos filhos ( ou seja, era necessário assegurar a Capacidade de Renovação Demográfica...) , caso contrário, o inimigo impunha uma Guerra de Desgaste Demográfico... e ao fim de uma geração ( sem Renovação Demográfica do ‘outro lado’... )... ganhava a guerra 'com uma perna às costas'.
    -2- as viúvas não podiam voltar a casar... pois... não era nada benéfico para a moral dos combatentes... eles pensarem que... se eles viessem a morrer no campo de batalha... depois a mulher ia 'curtir' com outro...
    -3- existia uma forte repressão sobre os homossexuais... visto que ... a Sociedade necessitava de 'Homens Rudes' para combater nas batalhas ( autênticas carnificinas de lutas corpo-a-corpo... ).



    P.S.
    É preciso desmascarar esta SOCIEDADE HIPÓCRITA que pretende que sejam classificados como 'PRECONCEITOS'... determinados comportamentos... que foram ABSOLUTAMENTE NECESSÁRIOS para a sua SOBREVIVÊNCIA!!!......

    ResponderEliminar
  13. quero que se foda a pascoa, natal, dia dos namorados, e outros.. n passa tudo d dias consumistas... bah

    ResponderEliminar
  14. que bom... parece que ainda te divertiste nesta altura em miuda...
    Eu não... e não gosto, bem, não é uma questão de gostar, simplesmente diz-me nada... pois, é isso! Mas isto também não interessa!!! :)

    ResponderEliminar
  15. São gostos, e gostos nao se discutem de facto, mas existe algo mais nas visitas Pascais do que apenas "o Beijar a Cruz" ... se quiseres ver o outro lado passa no meu blog...
    Gostei do teu blog e da maneira como escreves...

    ResponderEliminar
  16. O que eu detesto na Páscoa, é que na segunda feira seguinte, dão para aí uma festa de tal ordem, que vem gente de todos os lados( que treta... não sabem ficar em casa?)e fazem uma bagunça tal, que me obrigam sempre a ir de fim de semana para qualquer lado mais recatado!!!

    E, os bombos?! Logo pela manhã?!
    É de loucos... mas o que vale é que é só 1 vez por ano... eheh


    Gostei do texto!!

    ;)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.