quinta-feira, 2 de fevereiro de 2006

Post com...

P
I
A
D
A
(vá, Roque, agora não te podes queixar que falei de assuntos sérios :P)

11 comentários:

  1. ..pois é ..........





    ... faltam as gargalhadas!! :P

    ResponderEliminar
  2. Estou pensando no assunto deste tópico e até agora não cheguei a nenhuma conclusão. Haveria uma mensagem subliminar no totem? Ou é uma poesia, daquelas... ahn, esqueci-me como se chamavam...
    Ou é um preview, ou uma pegadinha...

    Ah! Sei lá.
    Também sou burro. Pronto!
    ; )

    ResponderEliminar
  3. será que o roque gostou !?


    LOOOOOOOOOOOOOOOOL

    ResponderEliminar
  4. Tozé, O roque, pelos vistos, nem sequer viu a piada deste post :)

    ResponderEliminar
  5. o roque não conseguia comentar mesmo... O roque é uma pessoa que não acha piada a tudo sabiam? o roque gostou das mamas do post abaixo. Acho que tinha muito mais piada se tivesses escrito piada em cima de uma mamas como as do post abaixo. Aliás, se não tivesse a olhar para as mamas abaixo nem sequer tinha comentado este post que supostamente é para mim. Porque as pessoas sabem qeu quando me dedicam posts têm de por mamas grandes e boas porque senão eu não gosto. Portanto, sabes o que te digo?

    FALTAM MAMAS!

    ResponderEliminar
  6. E, sem querer ir no embalo mas já indo; se tiver seios femininos também vou gostar muito.

    : ]

    ResponderEliminar
  7. Ah sim, e que não os da velhinha daquela recente piadinha do casório. (Em se tratando da Pseudo, é preciso prevenir-se. Do contrário, é bem provável que nos surja aqui uma octogenária de topless.
    ( DeusNosLivre, Amém )

    ResponderEliminar
  8. Lol, ai querem mamas?? Então dêm 1a vista de olhos no meu blog e ajudem a procurar um par k anda perdido :P




    p.s Oui spik inglich, houpe iu du tu

    ResponderEliminar
  9. ó Ricardo, isso de pedires seios femininos foi muito bem esgalhado... boa pá!

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.