terça-feira, 31 de janeiro de 2006

Pobreza vs. Riqueza

O homem mais rico do mundo veio visitar "os pobres".
"Bill Gates vai assim falar, durante 30 minutos, sobre o tema "os desafios da modernização administrativa", para uma audiência que, além de praticamente todo o executivo, terá a presença dos presidentes dos governos regionais, o presidente da Assembleia da República ou o Procurador-Geral da República... "
Notícia aqui: 30 minutos em que os nossos governantes não terão oportunidade de fazer merda. Nós, governados, também poderíamos aproveitar para trabalhar um bocadinho melhor :)
Mas agora pergunto eu: se somos assim tão pobres, porque é que a compra de carros de luxo aumenta? porque é que os hipermercados continuam cheios ao fim-de-semana e ainda não é Natal? porque é que os bancos continuam, em grande parte dos casos, a aceitar pedidos de crédito para se passar férias em supostos paraísos? (o dinheiro paga-se caro). Somos pobres, sim, e também de espírito. Infelizmente vemos portugueses a viverem diariamente em condições que nem para animais são dignas.
Aflige-me a disparidade.

8 comentários:

  1. É um problema terrivel e parece que muitos nem se apercebem do fundo para onde caminham. Diz-se que se gasta demais, mas por todo o lado há hipóteses de se pagar em prestações. ridículo para um país que quer parar de gastar mais do que produz

    ResponderEliminar
  2. A carne é fraca!
    Há muitas pessoas que não sabem viver sem um certo luxo, sem um certo nível...Estes sim deixam-me apreensivo, quanto ao futuro!
    O minho é lindo:-)

    ResponderEliminar
  3. Já fiz tanta vez essas mesmas perguntas, mas continuo sem obter respostas , enfim...continuemos nesta parvalheira de País governados, por quem não o sabe !

    Beijo Minhota :)

    ResponderEliminar
  4. E o pior é que vai continuar assim. Não há perspectivas de mudança.
    ;)

    ResponderEliminar
  5. Eu lamento é que o homem tenha vindo cá gastar o latim dele. Mas é como dizes (e muito bem) durante esses trinta minutos não fazem merda. O pior é o que o almoço e a condecoração vão custar ao erário público. Num país miserável como este, migalhas é pão.;)

    ResponderEliminar
  6. e desta disparidade se alimentam os pseudo-políticos que temos....!


    parabéns pela acutilância.

    abraço. não desterrado...:)

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde...
    Trata-se da minha primeira visita...é um prazer...

    Percebo que talvez o nosso grande problema seja o orgulho...a grande falta de caracter em por vezes não termos vergonha em mostrar o quanto estamos no buraco...
    "eles sabem" mas quando se passeiam nas nossas terras não o vão ver...porquê? Está escondido...temos de ter orgulho mas é mau quando esses sentimento nos esconde a humildade...virtude da nossa Pátria...

    Até breve...

    ResponderEliminar
  8. É um fenómeno, sim senhora! Aqui em Portugal, se é luxo, tem freguês... (já ouvi dizer que temos por cá excelentes publicitários e, claro, um povo excelente pra eles também!...)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.