terça-feira, 15 de maio de 2018

Sinais da experiência acumulada

Além dos cabelos brancos que são disfarçados com outra cor há anos, é inevitável rir-me de mim própria quando tenho necessidade  - e hoje foi um desses dias - de usar óculos para ver melhor por baixo dos óculos de sol. E andar assim, nesta figurinha, na rua. Diz a minha amiga, 6 anos mais velha do que eu, que faz o mesmo há imensos anos.
Gozem, gozem...

10 comentários:

Ás de Espadas disse...

Olha, na praia, p.e. Todos os dias, para ler! :)
Que já não tenho braço que chegue...

Pseudo disse...

Já afastas o bracinho, é? :)

Ás de Espadas disse...

uiiiiii, já nem dá o braço. Acho que vou comprar uma coisa daquelas para tirar auto-retratos (agora diz-se selfies), para ajudar. eheh

Pseudo disse...

Ok, queres comprar um pau de metal que suporte as tuas leituras na areia. Ainda ninguém se lembrou disso, ou já?

Ás de Espadas disse...

Ups! "Pau de metal"... acorda miúda. :P

Não sei se alguém se lembrou, mas que a ideia é supimpa, ai isso é! :)

Pseudo disse...

Ó Jove, foi propositado, né? A madeira parte, o metal é mais resistente, aguenta à vontadinha com as 30 ou 40 pags da revista Caras ou Lux ou lá o que lês na areia. :)

Ás de Espadas disse...

Pffff e eu lá perco tempo com a Caras ou a Lux?

Quem me tira a minha Maria, tira-me tudo... :)

Pseudo disse...

hahahaha...ok, eu agora calo-me :P

A Chata disse...

Sócia, sabes que há lentes de sol graduadas, ferto?

Pseudo disse...

Jove, tive consulta de oftalmologia. A minha médica pede-me sempre que tire as lentes umas horas antes da consulta. Por isso é que andei a fazer figuras tristes na rua. :)